Ninguém resiste a ela, em qualquer momento!

Por Maria Clécia Bento de Oliveira

 

Um papo descontraído….

Um encontro amoroso….

Foto: Divulgação Expo Pizzaria
Foto: Divulgação Expo Pizzaria

Um acordo selado….

Uma reunião familiar….

Momentos com amigos….

Um negócio concretizado….

 

Sim, tudo é pizza sempre! Mais pizza, por favor!

Tudo pode ser acordado num aperto de mão sobre negócios, sobre amizade, grandes alegrias… até mesmo emoção e poesia nos remetem a pedir uma pizza, um dos pratos mais conhecidos no mundo.

Historicamente, existem diversas versões sobre o seu surgimento, mas a principal afirma que a pizza foi descoberta pelos egípcios há 6.000 mil anos, contrariando a versão de que ela surgiu na Itália.

No passado, as massas de pizzas eram apenas uma mistura de grãos de cereais amassados e somente depois de anos seria assada. Os egípcios descobriram o processo de fermentação e inventaram o primeiro forno. Os registros históricos contam que eles comemoravam o aniversário do faraó com farta distribuição de pães achatados, cobertos com ervas. Mas a pizza redonda (original) desenvolveu-se na cidade de Nápoles, no sul da Itália, a partir de 1700. Com a imigração italiana em todo o mundo, a pizza chegou aos dias de hoje. No Brasil, surgiu no século 19, no litoral de São Paulo.

Ah!!!, uma curiosidade: Port’Alba foi a primeira pizzaria do mundo, inaugurada em 1830, em Nápoles.

A gastronomia brasileira é tão rica e variada pela assimilação cultural e mescla de diferentes etnias, que até mesmo a pizza se incorpora em seus muitos e exóticos sabores.

Sociologicamente, fazer referência à expressão “acabar em pizza” é, sem dúvida, a melhor sugestão para encerrar ou dar continuidade a um encontro sociável entre amigos, pois remete à ideia de confraternização. Afinal, a pizza é um prato que agrada a diferentes paladares.

Porém, essa expressão é usada também quando se quer dizer que algo não vai dar em nada. Sabe por quê? De acordo com o livro O Guia dos Curiosos, de Marcelo Duarte, ela surgiu na década de 50, no clube de futebol Palmeiras. Após grande discussão durante uma reunião, os diretores decidiram deixar a confusão de lado e foram juntos a uma pizzaria.

Enfim, a pizza prolonga ou encerra nossos prazeres! E não é um bom final?

Vamos logo pedir uma, pois já estou comendo até panfleto de pizzaria! Huuumm!!!

Clécia 1

 

 

 

Maria Clécia Bento de Oliveira, socióloga e professora universitária.