Como será a Páscoa 2017?

Especialistas de diferentes segmentos do mercado de chocolates falam de suas expectativas e dão dicas aos confeiteiros para que a data seja doce em um momento delicado da economia brasileira.

Ovos de Páscoa da Cupcake&Cia Danoca: personalizados para presente. Foto: Divulgação.
Ovos de Páscoa da Cupcake&Cia Danoca: personalizados para presente.
Foto: Divulgação

 

Sueli Lafratta

Jornalista

 

A Páscoa é, sem dúvida, o período mais importante para o mercado de chocolates, especialmente de ovos que, tradicionalmente, são oferecidos como presentes tanto a crianças como para adultos. De acordo com pesquisas do Ibope Inteligência, 63% dos brasileiros têm o hábito de presentear com chocolates nessa época. Comercial1

As pesquisas também indicam que o consumo anual desse alimento é de 2,5 kg por brasileiro, sendo que no friozinho característico da região Sul a estatística mostra 4,5 kg/ano. Já no Nordeste, a média é de 1,2 kg/ano. Mundialmente, o Brasil aparece como o 5º maior consumidor de chocolate.

Diante da atual situação econômica do país, Sucesso na Cozinha conversou com especialistas sobre as estratégias para conquistar os clientes e garantir aumento de vendas para essa data.

 

Carta na manga de confeiteiro

A confeiteira Daniela Calvo, da Cupcake&CiaDanoca, de São Caetano do Sul (SP), acredita na demanda de ovos de Páscoa que vão além da simbologia da data, transformando-se em presentes diferenciados. “Estamos sempre de olho no que está na moda, como lançamentos de filmes, e em algo particular que o presenteado gosta”, ela explica.

Ovo frito de chocolate: novidade a R$ 7,00 cada. Foto: Divulgação
Ovo frito de chocolate: novidade a R$ 7,00 cada.
Foto: Divulgação

Atuando há mais de 10 anos no setor, Daniela aponta os ovos de colher trufados como um produto bastante vendável. “Nunca saem de moda e tem quem prefere uma versão mais cara, com chocolate belga ou suíço”, constata.

Bolo de cenoura com chocolate: campeão de vendas. Foto: Divulgação
Bolo de cenoura com chocolate: campeão de vendas.
Foto: Divulgação

Para este ano, a Cupcake&CiaDanoca preparou novidades mais acessíveis. “Estamos apostando no ovo frito de chocolate, que é uma brincadeira e também um presente para quem não quer gastar muito; nos ovos de colher infantis, uma versão com melhor relação custo-benefício e aplique de personagens em papel arroz, e no nosso carro-chefe, que é o bolo de cenoura no pote com brigadeiro belga.”

Ovo de colher para a criançada: R$ 18,00 cada. Foto: Divulgação
Ovo de colher para a criançada: R$ 18,00 cada.
Foto: Divulgação

A profissional avalia que, mesmo com a crise econômica, sua empresa teve um pequeno aumento de encomendas em relação ao ano passado. Para ela, a estratégia está na diferenciação e na divulgação: “É preciso investir em algo que chame a atenção do seu público e fazer um bom marketing”. E finaliza: “O produtor artesanal sempre tem uma carta na manga, aquela lembrancinha para não deixar ninguém de mãos abanando e com um toque diferenciado. Isso é o que atrai o consumidor!”.

Conheça o trabalho de Daniela Calvo no Facebook: Capcake&Cia Danoca

 

 

Aliados da saúde

A chef gaúcha Cátia Pontin, com 18 anos de profissão e sete de pesquisas sobre dietas restritivas, ministra cursos com diversas receitas apropriadas para quem tem intolerância a glúten e lactose. Entre elas, estão os brigadeiros

Aula de brigadeiros funcionais com a chef Cátia Pontin. Foto: Divulgação
Aula de brigadeiros funcionais com a chef Cátia Pontin.
Foto: Divulgação

funcionais, que podem substituir os ovos de Páscoa e fazer a alegria de alérgicos de todas as idades. “Nos brigadeiros funcionais, não há adição de açúcares refinados e edulcorantes artificiais, mas agregamos excelente paladar para os que gostam muito de doces”, Cátia afirma.

De acordo com a chef, esse tipo de brigadeiro é ideal para fazer e vender, pois não necessita de muitos utensílios ou equipamentos. “O confeiteiro pode começar na cozinha de sua casa ou apartamento, mas garanto que em pouco tempo ampliará o local. E testemunha disso são meus alunos, em especial a Camila Gnutzmann, de Alta Floresta (MT) que comprou a apostila em janeiro do ano passado e já está até ministrando cursos na região”, conta.

Cátia desenvolveu apostila com mais de 10 receitas testadas de brigadeiros funcionais e garante que todas são muito saborosas: “Quem prova se surpreende”. O curso também traz receitas complementares, ensinando a fazer a biomassa de banana verde, ghee (manteiga caseira sem lactose), leites vegetais e outras para deixar os brigadeiros mais gostosos e artesanais, além de um guia com todos os benefícios dos ingredientes utilizados na elaboração. “Existe um para cada gosto ou necessidade, pois há brigadeiros para diabéticos, hipertensos, estéticos e outros. Mas quem quer saúde já pode ir degustando de todos.”

Brigadeiros funcionais em diversos sabores e apresentações. Fotos: Divulgação
Brigadeiros funcionais em diversos sabores e apresentações.
Fotos: Divulgação

Forminha rosaBrigadeiros - CátiaBrigadeiros com amêndoasPara os leitores de Sucesso na Cozinha, a professora preparou duas receitas clássicas desse doce que é preferência nacional. Veja em http://sucessonacozinha.com.br/brigadeiros-funcionais-da-chef-catia-pontin/

 

No Facebook, encontre a professora em Cátia Pontin.

 

 

 

Maior coelho do mundo é brasileiro

Escultura com mais de 2 mil barras de chocolate. Foto: A Casa do Chocolate
Escultura com cerca de 2 mil barras de chocolate.
Foto: A Casa do Chocolate

Uberaba (MG) acaba de se tornar famosa mundialmente graças à visita de uma equipe do Guiness Book que, no final de fevereiro, certificou como a maior do planeta uma escultura de chocolate no formato de coelho, com 4,52 metros de altura e peso de quatro toneladas. O recorde aconteceu durante a 1º Expocolate, evento idealizado para transformar o município na capital do chocolate, destacar a qualidade dos produtos da confeitaria artesanal da região e fomentar o mercado para a Páscoa.

“O coelho foi construído pela Casa do Chocolate com o intuito de movimentar a exposição e tornar Uberaba referência no setor. Ele trouxe grande valor à cidade e possibilitou que o evento ganhasse destaque mundial e passasse a fazer parte do calendário anual da cidade”, explica João dos Reis, coordenador da exposição.

Para a consecução do projeto, foram realizados testes de resistência do chocolate e um estudo cuidadoso do espaço da montagem. A moldagem ocorreu durante os oito dias da Expocolate, sendo certificado pelo Livro dos Recordes ao final do evento, quando o coelhão foi devorado pelo público. De acordo com João, “a maior dificuldade foi encontrar parceiros que acreditassem no nosso sonho de bater esse recorde. Por conta disso, todo o chocolate utilizado foi de recurso próprio da rede Casa do Chocolate, assim como a equipe de construção”. Foram cerca de 2 mil barras de 2,3 kg cada e cinco profissionais trabalhando diariamente na escultura.

Equipe trabalhou 10 horas diariamente. Foto: Casa do Chocolate
Equipe trabalhou 10 horas diariamente.
Foto: Casa do Chocolate

Fundada em 2004, a Casa do Chocolate nasceu como uma bombonière. Com muito empenho, abriu mais lojas e expandiu o mix de produtos, oferecendo atacado e varejo de doces, chocolates, balas, salgadinhos, chicletes, artigos para decoração de festas e material para confeitaria. Além disso, também realiza cursos de confeitaria. “Nos orgulhamos de ter conquistado clientes e parcerias que se fortelecem com o tempo”, João declara.

 

Representantes da Casa do Chocolate e do Guinness Book: certificação do recorde. Foto: Casa do Chocolate
Representantes da Casa do Chocolate e do Guinness Book: certificação do recorde.
Foto: Casa do Chocolate

O empresário está confiante nos resultados positivos da próxima Páscoa. “A crise vivida pelo país desde 2016 até hoje não impediu que a empresa continuasse sua ascensão no mercado. A Páscoa, sendo uma época tradicional de grande volume de vendas, deve seguir o mesmo cenário dos anos anteriores, com um leve aumento no fluxo de mercadorias, principalmente referentes à confecção de produtos artesanais, devido a 1ª Expocolate, que trouxe grande visibilidade para esse mercado”, prevê. Em sua opinião, uma boa estratégia para os confeiteiros “é adiantar suas compras, a fim de garantir que todas suas encomendas sejam atendidas com sucesso”.

Visite a empresa em www.casadochocolate.com

 

Feira de Páscoa paulistana

O Espaço As Meninas está trabalhando a todo vapor para, em 02 de abril próximo, oferecer uma espetacular Feira de Páscoa aos paulistanos, que acontecerá em conjunto com o Festival de Doces, no Quintal da Bela, ao lado da avenida Paulista, em São Paulo (SP).

Festival dos Doces e Feira de Páscoa: atração em São Paulo. Foto: Espaço As Meninas
Festival dos Doces e Feira de Páscoa: atração em São Paulo.
Fotos: Espaço As Meninas

Um dos conceitos da empresa é promover lazer e entretenimento com o melhor da gastronomia, por isso o público poderá degustar, em um mesmo espaço, delícias como brigadeiros; bolos, pão de mel; geladinhos; trufas e bombons; biscoitos; mousses; cremes; docinhos veganos e sem lactose, e ovos de Páscoa, antecipando suas compras para a tradicional data. Haverá também chopp e cerveja artesanais geladíssimos; queijos e vinhos; molhos e patês orgânicos; comida oriental e outros quitutes.

Ovos de chocolate artesanais são detaque. Foto: Débora Herschander Pâtisserie
Ovos de chocolate artesanais são detaque
Fotos: Débora Herschander Pâtisserie

Feira de Páscoa 2017 - Ovos

 

 

Para acompanhar os petiscos, os frequentadores são convidados do DJ Dinho Garcia para a Balada ao Ar Livre, ao som das melhores músicas dos anos 80 e 90.
Para a coordenadora do evento, Elaine Vilela, o evento será uma grande atração para os que apreciam as gostosuras, as novidades e os diferenciais oferecidos no ambiente confortável e convidativo dos festivais organizados pela empresa. “Teremos produtos para todos os gostos e bolsos”, afirma. E acrescenta: “Os festivais são oportunidades para que expositores, produtores artesanais, revendedores e fornecedores dessas iguarias possam ter um espaço de contato direto com o público”. Ela informa que os interessados nas últimas vagas para expor podem entrar em contato pelo e-mail bazar@espacoasmeninas.com.

 

TOME NOTA

Entrada GratuitaFeira de Páscoa 2017

Festival de Doces e Feira de Páscoa

Data: 02 de abril de 2017 (domingo)

Horário: 11h às 18h

Local:  Espaço Quintal da Bela: Rua Bela Cintra, 954, São Paulo, SP (ao lado da estação Consolação do metrô)

Mais informações: https://www.facebook.com/events/351885815182846/

 

____________

Sueli Lafratta – jornalista graduada pela USP, com atuação como editora de revistas do setor de alimentação, e professora universitária. É idealizadora do Sucesso na Cozinha, portal jornalístico dedicado a valorizar o trabalho dos profissionais e empresários da gastronomia com reportagens, entrevistas, receitas e dicas de marketing. Contato: suelilafratta@sucessonacozinha.com.br.

 

Curta a Fan Page Sucesso na Cozinha

www.facebook.com/portalsucessonacozinha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *