Capacitação profissional melhora salário e lucro

Aproveite os cursos de formação e qualificação para incrementar seu conhecimento. Há ofertas de treinamentos gratuitos e técnicos.

Confeitaria profissional e Gastronomia são cursos técnicos do instituto IGA. Foto: Sucesso na Cozinha
Confeitaria profissional e Gastronomia são cursos técnicos do instituto IGA
Foto: Sucesso na Cozinha

 

Sueli Lafratta

Jornalista

 

Abril chegou e, certamente, os profissionais do setor gastronômico se empenharam muito para garantir sua remuneração, no primeiro trimestre. A fim de melhorar a capacitação, o indicado é realizar cursos e treinamentos e o que não faltam são opções no mercado.

 

Estude gratuitamente

O Programa Super MEI do Sebrae-SP oferece cursos gratuitos em diversos segmentos, além de orientação na gestão de pequenos negócios. São 50 mil vagas em cursos de capacitação técnica no Estado de São Paulo, com aulas preferencialmente no período noturno, realizadas em instituições técnicas parceiras como Senai, Senac e Centro Paula Souza, órgão estadual responsável pelas Fatecs e Etecs. Comercial1

 

O Super MEI é voltado para o aperfeiçoamento profissional e o desenvolvimento dos negócios dos Microempreendedores Individuais (MEIs). Nesse programa, o profissional passará por quatro etapas: formalização para quem ainda não está regularizado; cursos de gestão, envolvendo controle financeiro e vendas, com duração de oito horas; formação técnica de 20 a 50 horas em instituições parceiras e acesso ao mercado por meio de um aplicativo e um portal onde ele poderá oferecer seus produtos e serviços. De acordo com o Sebrae-SP, os cursos disponibilizados gratuitamente pelo Super MEI custariam de R$ 300 a R$ 1 mil, caso fossem pagos. Os participantes recebem certificado.

 

Entre os vários cursos destinados à área de alimentação e bebidas, estão:

  • Boas práticas para comércios e serviços de alimentação: em parceria com o Senac, aborda Manual de Boas Práticas, POP e legislação, entre outros tópicos.
  • Chocolateiro – Formação inicial: realizado no Centro Paula Souza, trata de técnicas para produção de bolos, minibolos, brownies, muffins, bombons, trufas, recheios,mousses, pavês e ovos de páscoa.
  • Confeiteiro – Formação inicial: Centro Paula Souza. Apresenta, entre outras, técnicas para produção de bolos, minibolos, brownies, muffins, sonhos, vanderleia, técnicas de embalagens e bicos de confeitar e conservação dos alimentos.
  • Culinária regional: Centro Paula Souza. Técnicas de manuseio dos equipamentos de cozinha e restaurante, doenças transmitidas por alimentos, qualidade da matéria-prima e técnicas de manipulação das carnes, verduras, frutas e grãos fazem parte do conteúdo.

 

As inscrições para o Super MEI poderão ser realizadas pela Central de Atendimento 0800 570 0800, nos Escritórios Regionais do Sebrae-SP e pelo site supermei.sebraesp.com.br, onde há informações sobre outros cursos de formação inicial como Decoração de Bolos; Organização e promoção de festas e eventos; Panificação artesanal; Administração para bares e restaurantes, Técnicas de aproveitamento integral de alimentos, Técnicas de Conservação e congelamento dos alimentos; Fabricação de geleias; Fabricação de massas alimentícias e Barman.

 

Bolsas do Senai-SP

Padeiro, Confeiteiro e Manipulador de Alimentos são os cursos presenciais para os quais o Senai-SP está oferecendo bolsas de estudo. Estão programadas turmas em vários horários. A seleção dos candidatos é realizada pelo próprio sistema, com inscrições apenas pelo site https://alimentos.sp.senai.br, no qual os candidatos encontram todas as regras do programa.

 

Envelhecimento de bebidas

A Escola Superior de Agronomia Luiz de Queiróz, Esalq-USP, realizará o curso Treinamento em madeiras e envelhecimento de bebidas em 07 e 08 de abril de 2017, das 8h30 às 18h, no Departamento de Agroindústria, em Piracicaba, SP.

Melhoria da qualidade de bebidas alcóolicas Foto: Esalq/Divulgação
Melhoria da qualidade de bebidas alcoólicas
Foto: Esalq/Divulgação

O processo de envelhecimento de bebidas alcoólicas em recipientes de madeira apropriados tem a finalidade de afinar o perfil sensorial, melhorar a qualidade e agregar valor comercial. O treinamento aborda os princípios químicos e sensoriais relacionados ao processo de envelhecimento de cervejas e destilados.

A taxa de inscrição é de R$ 890,00, à vista, e de R$ 950,00, parcelado em duas vezes, cada parcela no valor de R$ 475,00 (a 1ª parcela no ato da inscrição e a 2ª para 30 dias do primeiro pagamento). Inscrições no site www.fealq.org.br, em Cursos e Eventos. Mais informações pelos telefones (19) 3417-6604 e (19) 3417-6601 ou via e-mail: cdt@fealq.org.br.

 

Cursos técnicos

Presente no Brasil há oito anos, o Instituto Gastronômico das Américas – IGA – possui 37 unidades no país, sendo que a maior está situada em Campinas, SP. Na cidade de São Paulo, tem escolas nos bairros de Pinheiros, Mooca e Morumbi. Os institutos ofertam os cursos técnicos de Gastronomia e alta cozinha e Confeitaria profissional e avançada.

Coordenador acadêmico Lucas Vicenzo Foto: Sucesso na Cozinha
Lucas Vicenzo: aluno procura por nova profissão.
Foto: Sucesso na Cozinha

De acordo com o coordenador acadêmico Lucas Vicenzo, os cursos técnicos oferecem melhor carga horária para quem busca conhecimento técnico e certificado para melhorar seu salário. “O aluno vem à escola apenas um ou dois dias da semana e o curso é mais prático, com menor carga teórica. O profissional sai com nível prático e vai direto para o mercado de trabalho”, afirma.

O perfil do aluno mostra o interesse pela capacitação. Cerca de 40% dos matriculados quer aprender por hobby, para cozinhar melhor; 30% já são profissionais com prática, mas procuram a formação para atingir melhor remuneração; os demais alunos estão começando na área com o objetivo de empreender. “Do total de estudantes, 70% são homens com mais de 30 anos que buscam uma nova profissão”, Lucas constata.

O curso Gastronomia e alta cozinha tem duração de um ano (com aulas duas vezes por semana) ou de dois anos (uma aula semanal). O de Confeitaria profissional dura um ano. O IGA lançará cursos presenciais de curta duração, no segundo semestre: Iniciação à Gastronomia; Cake Design; Brigadeiro Gourmet e Cursos livres.

Laboratório para aulas práticas do IGA Foto: Sucesso na Cozinha
Laboratório para aulas práticas do IGA
Foto: Sucesso na Cozinha

Com laboratório equipado para as aulas práticas, as aulas teóricas e de idiomas são on-line, com o suporte de livros ilustrados, e os professores são graduados e pós-graduados, com vivência internacional. Por meio de parcerias, os alunos fazem vivência na cozinha de um hotel e empresas divulgam vagas no próprio instituto. “Também realizamos workshops gratuitos e de baixo custo com nossos chefs e os interessados podem agendar uma aula gratuita para conhecer os cursos”, Lucas informa.

Livros ilustrados complementam a teoria e prática Foto: Sucesso na Cozinha
Livros ilustrados complementam a teoria e prática
Foto: Sucesso na Cozinha

Para crianças de 8 a 15 anos, o IGA oferece o Cozinheirinhos, dividido em três níveis, conforme a idade do aluno. “As crianças ficam fascinadas”, diz o coordenador. “Para elas, cozinhar contribui para o desenvolvimento da coordenação motora e socialização. Inclusive, temos alunos especiais também.”

A unidade Mooca se localiza na avenida Paes de Barros, 2468, São Paulo, SP. Tels: (11) 4306 9014 e 4328 5936, e-mail: mooca@igabrasil.com. Mais informações em www.igabrasil.com.

________________

Sueli Lafratta. Jornalista graduada pela USP, com atuação como editora de revistas do setor de alimentação, e professora universitária. É idealizadora e editora do Sucesso na Cozinha, portal jornalístico dedicado a valorizar o trabalho dos profissionais e empresários da gastronomia com reportagens, entrevistas, receitas e dicas de marketing.

 

Curta a Fan Page Sucesso na Cozinha

www.facebook.com/portalsucessonacozinha

 

3 thoughts on “Capacitação profissional melhora salário e lucro

  • Equipe Sucesso na Cozinha

    (23/05/2017 - 10:36 am)

    Obrigada, Clarisse. Nossa equipe também adora bolos e, especialmente, adora a participação dos internautas em nossa revista. Abraços!

  • Clarisse Silva

    (22/05/2017 - 11:21 pm)

    Quantas coisas boas, eu simplesmente adoro bolos e com suas receitas acredito que vou confeitar algumas maravilhas como estas suas. Parabéns

  • Ana Letícia Amaral Lourenço

    (04/04/2017 - 9:09 pm)

    Muito interessante a entrevista! Quanto mais conhecimento temos sobre o assunto, mais encontraremos pessoas interessadas! Ampliar o conhecimento da gastronomia no desenvolvimento infantil também é algo muito interessante que ainda tem muito a ser pesquisado e repassado!
    Adorei a entrevista, parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *